14 / dez / 2018

8 dicas para organizar uma festa de natal inesquecível

Tem coisa melhor que festa de Natal? Reunir a família com todo aquele clima natalino, trocar presentes, aproveitar uma deliciosa ceia… quando a gente começa a pensar, dá até vontade de comemorar o Natal uma vez por mês, pelo menos! Mas e quando a festa vai ser na sua casa? Como garantir que a celebração vai ser inesquecível?

Todo mundo já deve ter organizado uma recepção e um jantar em casa, sem dúvida. Mas a festa de Natal é um evento especial e, por isso, é preciso ter alguns cuidados especiais também. Nesse texto, preparamos oito ótimas dicas para você organizar um Natal inesquecível, tanto para pessoas que já costumem oferecer a ceia todos os anos quanto para quem vai oferecer a casa pela primeira vez.

1. Planeje tudo com antecedência

Como regra, toda festa deve ser planejada com uma certa antecedência, para evitar imprevistos. No caso de uma festa de Natal, esse cuidado deve ser redobrado, já que as lojas costumam ficar cheias e o clima mais agitado no fim do ano. Além disso, os preços também sobem. Então, aproveite para comprar bebidas e alimentos não perecíveis até 30 dias antes da ceia. Aproveite esse período também para confirmar sua lista de convidados, definir o cardápio e a decoração.

2. Atenção especial à decoração

Uma verdadeira festa de Natal começa na decoração. Uma casa bem enfeitada é o que garante aquele clima natalino todo especial que encanta crianças e adultos. Existem alguns elementos que não podem faltar:

Guirlanda: uma guirlanda na porta é a melhor forma de dar as boas-vindas não apenas aos convidados, mas também ao clima natalino. Existem diversos tipos de guirlanda, das mais tradicionais às mais criativas. Escolha a que melhor se adequa ao seu estilo.

Pinheiro de Natal: o acessório mais clássico da festa de Natal. Se você não tiver muito espaço disponível, uma boa saída é utilizar um pinheirinho menor – ou vários espalhados pela casa. Os tipos de enfeites pendurados também vão de acordo com o seu estilo.

Presépio: para quem tem um pouco mais de espaço sobrando ou até para quem quer uma alternativa diferente para os pinheiros, o presépio aparece como uma ótima opção. Simples ou detalhado, o importante é que ele tenha as três figuras principais: José, Maria e o menino Jesus.

Luzes: abuse das luzinhas. Além de coloca-las em volta do pinheiro, você também pode pendurá-las na parede ou criar uma decoração vertical sobre a mesa de jantar. A sua criatividade é quem manda!

3. Lista de convidados

Os convidados são uma parte fundamental do sucesso da sua festa. Sem a ideia exata de quantas pessoas vão participar, muita coisa pode dar errado. Então, faça uma lista com antecedência e estabeleça uma data para as confirmações. Com base nisso, você poderá definir o passo seguinte: o cardápio.

4. A ceia

A grande atração da noite sem dúvida é a ceia. A grande responsável pelo belo momento de reunir a família toda ao redor da mesa de jantar. Uma vez que você definiu exatamente quais serão seus convidados, é chegada a hora de definir o cardápio.

O tradicional peru é quase uma obrigação, mas para definir os acompanhamentos certos você vai precisar conhecer o gosto dos seus convidados. Também é muito importante escolher se os pratos serão encomendados ou feitos em casa. Se você for receber muitas pessoas, o mais indicado é encomendar a parte mais pesada da preparação, como o peru e a sobremesa, e fazer o mais básico, como arroz e saladas.

5. A troca de presentes

Uma boa festa de Natal possui um momento especial para a troca de presentes. O ideal é fazer a troca depois da ceia, que é quando as pessoas já estão mais tranquilas e satisfeitas.

Se forem poucos convidados e mais próximos, uma boa ideia é fazer um amigo secreto. Se o seu Natal for mais descontraído e contar com a presença de amigos, existem inclusive variações divertidas que podem ser adotadas. No caso de uma festa mais clássica, o ideal é que as crianças, as que mais aguardam por essa hora, sejam as primeiras presenteadas.

6. O Papai Noel sempre vem

E o Papai Noel? Se a sua festa de Natal tiver muitas crianças, a presença dele é obrigatória. É muito importante, porém, verificar a idade dos pequenos. Isso vai ajudar você a definir a melhor forma de trazer o bom velhinho: se algum familiar vai se fantasiar ou se um profissional vai ser contratado especialmente para a função. Crianças um pouco mais velhas, a partir dos 6 anos, têm grandes chances de reconhecer um tio ou primo de barba falsa. Nesse caso, é melhor chamar alguém de fora e garantir a magia natalina desse grande momento.

7. Crie um clima encantado

Existem outros detalhes que ajudam a dar um toque especial na sua festa de Natal. Um deles é a trilha sonora. Você pode preparar uma playlist natalina no Spotify e deixar tocando durante a festa. São músicas sazonais, pouco ouvidas, que com certeza vão ajudar a criar um clima mais encantado.

Outra dica legal é deixar algumas luzes apagadas e utilizar velas para iluminar os ambientes. Isso ajuda a criar uma atmosfera mais intimista, que combina perfeitamente com o espírito de Natal.

Você também pode aproveitar e sintonizar a televisão na tradicional Missa do Galo, celebrada pelo Papa à meia-noite do dia 24 de dezembro. Um evento muito bonito e iluminado que com certeza vai encher sua casa do verdadeiro espírito de Natal.

8. Bote o pessoal para cantar

Que tal soltar a voz durante a festa de Natal? Muitas famílias tem a tradição de entoar os famosos clássicos natalinos durante a ceia. Essa é uma experiência muito bonita, que ajuda a cria laços e unir os convidados. As crianças costumam gostar muito. Escolha um repertório de três ou quatro músicas e capriche!

Natal é luz, alegria e encantamento. Seja sua festa mais tradicional ou mais despojada, o importante é que esses três elementos estejam presentes em grandes quantidades. Para isso, o planejamento é a chave. Defina todos os seus passos com antecedência, faça suas pesquisas com cuidado e tenha em mente o gosto dos seus convidados. Seguindo esses passos, sua festa com certeza ficará para sempre marcada na memória e no coração de todos!

Fontes: Revista Casa e Jardim [1,2], Blog VivaDecora e Lider Interiores.